18 de abril de 2012

Documentos Protocolados no Condephaat

Segue abaixo, lista de documentos organizados pela ONG Elo Ambiental e Amigos da Serra dos Cocais,  protocolados no Condepahaat para auxiliar nos estudos do processo de tombamento:

Patrimônio Espeleológico Desconhecido. Impactos em Grutas Graníticas da Serra dos Cocais:
Trabalho completo
Matéria no blog
+Fotos

Projeto de Estudo para Proteção e Recuperação da Bacia Hidrográfica do Córrego Bom Jardim:
FEHIDRO

Proposta ELO Ambiental para APA do Sauá:
APA do Sauá

Plano de Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí:
Mapas

Arqueologia Histórica Itatiba:
Matéria no blog
Trabalho Completo

Paisagem Primitiva da Serra dos Cocais:
Matéria no blog
Trabalho Completo

Fósseis de mais de 500 milhões de anos encontrados em Valinhos:
Matéria jornal Notícias

TCC - Teoria dos Refúgios Florestais na paisagem da Serra dos Cocais:
Trabalho Completo

Decreto de lei 3840/2004 cria APA Serra dos Cocais:
Lei 3840/04
Grupo de trabalho

As superfícies antigas da Serra dos Cocais:
Trabalho Completo

Vídeo Elos da Água:
Vídeo

Protocolo de entrega:
Protocolo Condephaat


4 comentários:

  1. Excelente !!!
    Argumentos de grande importância, a justificar plenamente a necessidade do tombamento da Serra dos Cocais pelo Condephaat !

    ResponderExcluir
  2. Renato Junqueira19/04/2012 22:33

    Mais uma frustraçáo, acabo de ver na Globo que o Condephaat suspendeu o tomabamento!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Condephaat não suspendeu o tombamento, apenas está avaliando a área de abrangência.
      Segue matéria da EPTV: http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2012/04/conselho-pretende-rever-area-para-tombamento-na-serra-dos-cocais.html

      Excluir
  3. Dario de Carvalho Filho20/04/2012 13:59

    Por que voces náo noticiam que as Camaras de Vereadores de Valinhos, Itatiba, Louveira e Vinhedo aprovaram uma moçáo de repudio ao Condephaat pela açáo indiscriminada e sem criterio de tombamento que atingiu e prejudicou mais de 25.000 imoveis na regiáo?

    ResponderExcluir